domingo, 13 de novembro de 2016

Porque eu fazia do amor, Clarice Lispector

Arte: Ilustris


"Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: 
pensava que, somando as compreensões, eu amava. 
Não sabia que, somando as incompreensões, é que se ama verdadeiramente. 
Porque eu, só por ter tido carinho, pensava que amar é fácil." 
Clarice Lispector

2 comentários:

  1. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite A Verdade Em Poesia, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    A Verdade Em Poesia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Honra e gratidão caro Antonio Batalha!!! Realmente é um cantinho que dedico com muito amor. Fico mais feliz ainda por encontrar pessoas que curtam também!
      Visitei seu Blog e gostei muito. Foi um prazer conhecê-lo! Namastê!

      Excluir

Printfriendly